Palmas pra ela!
Palmas pra ela!
By ,   No tags,   0 Comments

Tem vezes que a gente perde o chão, não acha as palavras e fica sem saber o que dizer de alguém que admira. Daí o jeito é fazer que nem criança, buscar um pozinho mágico de pirlimpimpim, partimpim, sabe-se lá o quê. E lançar no ar, no mar, no ritmo. Na mansidão da voz que merece aplausos pelo conjunto da obra. E hoje ainda mais, que a data é especial.

Adriana Calcanhotto comemora neste 3 de outubro mais um ano de vida. E nós com ela, que nos acompanhou lindamente na turnê do Prêmio da Música Brasileira de 2013, em homenagem a Tom Jobim. A gente agradece, celebra e relembra aqui, como homenagem absolutamente merecida, este dueto maravilhoso de Adriana com Zélia Duncan em “Outra Vez”, canção do maestro soberano.

Música e poesia
Música e poesia
By ,   No tags,   0 Comments

O compositor Itamar Assumpção disse, em uma de suas canções, que tinha duas namoradas: a música e a poesia. Elas vivem, de fato, nesse clima de flerte. Por isso não é estranho que, vez ou outra, grandes poetas transponham a fronteira tênue que separa esses dois universos.

Paulo Leminski foi da poesia e da canção, assim como José Carlos Capinam, Vinícius de Moraes e outros tantos. E mesmo quando os poetas não se aproximam voluntariamente da música, haverá quem os corteje. Foi assim, por exemplo, com Carlos Drummond de Andrade, cujo poema “Canção Amiga” foi lindamente musicado por Milton Nascimento.

Vamos pedalar?
Vamos pedalar?
By ,   No tags,   0 Comments

Ligar o som do carro e curtir uma boa música: quem não gosta? A viagem fica mais agradável, a gente até esquece o trânsito. Pois é, o trânsito. Um dos grandes vilões da mobilidade urbana. E é justamente por causa dele que foi criado o Dia Mundial sem Carro, comemorado em 22 de setembro.

A ideia é que, nesse dia, as pessoas deixem o carro na garagem, busquem alternativas como o transporte público, o passeio a pé ou a bicicleta e percebam como a qualidade de vida pode melhorar quando a gente reduz o estresse e a poluição provocados pelo excesso de automóveis nas ruas, principalmente nas grandes cidades.