Talento raro

10 abril 2015,   By ,   0 Comments

Dono de mil vozes e mil faces, Chico Anysio era plural e único. De múltiplos talentos, deu vida a mais de uma centena de personagens. Foi ator, humorista, pintor, comentarista esportivo e compositor – e desempenhava com brilho cada função. Um artista raro que também faz parte da história do Prêmio da Música Brasileira.

A foto que você vê aqui é de 1990, ano da homenagem a Maysa, no Teatro do Hotel Nacional. Chico aparece no palco, ao lado da atriz Lúcia Veríssimo, como apresentador da premiação. A mesma função que ele já exercera no ano anterior, quando a festa foi realizada no Golden Room do Copacabana Palace.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Neste 12 de abril, este filho da cearense Maranguape e extraordinário representante da arte brasileira faria 84 anos. Deixa uma imensa saudade em todos nós da música, que nos lembraremos dele, em particular, por uma canção que recorda as tradições do Rio de Janeiro: “Rio Antigo”, parceria com Nonato Buzar marcada pela interpretação impecável de Alcione.