Emílio Santiago e o Brasil de luto!

20 março 2013,   By ,   0 Comments

O Brasil está de luto.  Emílio Santiago morreu nesta quarta (20 de março),  aos 66 anos, enquanto tentava se recuperar de um AVC. “Hoje a música brasileira está mais triste, hoje os ouvidos de quem aprecia o canto, a voz popular no seu mais lindo timbre e perfeição se ensurdece”, disse José Maurício Machline. “O Brasil tinha em Emílio Santiago o mais puro representante do ato de bem cantar, através de sua voz foi possível compreender mais da música brasileira. Hoje se vai um amigo querido de anos, deixando muitas recordações de carinho e boa musica em todos os nossos encontros o canto, a vontade de ouvir e cantar a musica brasileira esteve ali, firme bem representada. Que sorte eu tenho em ter convivido e ouvido de perto este artista maravilhoso, essa voz de timbre e de musicalidade divina. Saudades e respeito profundo pelo homem e pelo grande artista”.

No Prêmio da Música Brasileira, Emílio sempre brilhou, cantando ou subindo no palco do Theatro Municipal para ser premiado como “Melhor Cantor da MPB”. Foram muitos os prêmios: em 1990, 1991, 2004, 2008 e 2011. Entre suas participações, emprestou sua voz para homenagear Maysa e Elizeth Cardoso.

O Brasil  conheceu a voz de Emilio nos anos 70 no programa de Flávio Cavalcanti (TV Tupi) e trabalhou como crooner da orquestra de Ed Lincoln. Recentemente, relembrou esta época fazendo um disco com o repertório de Lincon. O primeiro compacto foi lançado em1973 e o primeiro LP, em 2005. Sua discografia é um passeio pela música brasileira, pois em sua trajetória fez discos dedicados a Gonzanguinha, João Donato, Elis Regina, Dick Farney.