Setenta anos, sete vidas

31 outubro 2014,   By ,   0 Comments

O cara que surfa há décadas todas as ondas da música popular brasileira é hoje um “garoto” de 70 anos muito bem vividos. E aproveita as comemorações para convidar todo mundo a cair na gandaia e entrar nessa festa. Jornalista, escritor, compositor, produtor e roteirista, Nelson Motta está celebrando toda essa trajetória feita de silêncio, sons e sucesso – desde os primeiros dias até os tempos modernos.

Teve festa, claro. Mas também tem livro (“As sete vidas de Nelson Motta”, recheado de crônicas e casos), CD (“Nelson 70”, em que algumas das suas canções são interpretadas por gente como Ed Motta, Marisa Monte, Lenine, Gaby Amarantos, o uruguaio Jorge Drexler e a portuguesa Cuca Roseta) e um documentário que conta os bastidores do disco (exibido pelo Canal Brasil).

Mas ele não para. Este novo tempo que começou aos 70 já vem recheado de projetos. Entre eles, dois musicais: um sobre o Festival Internacional da Canção de 1967 e outro que conta a história de Wilson Simonal.

Nelson Motta sabe que a vida vem em ondas como o mar. E trata de viver ao sabor delas.