Centenário Lupicínio

10 abril 2014,   By ,   0 Comments

“Há pessoas com nervos de aço, sem sangue nas veias e sem coração… “

São versos de “Nervos de Aço”, clássico da canção popular brasileira criado pelo portoalegrense Lupicínio Rodrigues. Em 2014, comemora-se o centenário desse grande compositor, um dos maiores nomes do samba-canção – vertente mais melancólica do nosso samba, influenciada pelo foxtrote americano. Impossível, portanto, deixar de lembrar Lupicínio neste ano em que o samba é o homenageado do 25º Prêmio da Música Brasileira.

Apaixonado por futebol e torcedor do Grêmio, foi ele quem compôs o hino do clube. Também fez marchinhas de carnaval, mas foi com as canções que falavam das dores de amor, geralmente fruto de situações pessoais, que fez mais sucesso. Assim nasceram “Nunca”, “Esses Moços, Pobres Moços”, “Se Acaso Você Chegasse” e tantas outras.

Neste vídeo, de um programa gravado pela extinta TV Tupi, Lupicínio conta como foi a desilusão amorosa que o levou a compor “Nervos de Aço”.