História

O Prêmio

Esta é uma história de amor e de reverência à Música Popular Brasileira.

Nasceu como Prêmio Sharp, em 1987, e manteve esse nome por mais de uma década – até 1998. Uma grande marca dava um novo incentivo à cultura nacional, como uma merecida festa para celebrar o talento e a riqueza da música produzida em todos os cantos do País em seus diversos gêneros e estilos!

Posteriormente, recebeu o nome de Prêmio TIM de Música (de 2003 a 2008).

Ao longo de todos estes anos, seu idealizador, José Maurício Machline, contou com diversas parcerias. Em 2009, numa empreitada ousada, Machline resolveu realizar a premiação sem patrocínio, contando apenas com a ajuda de amigos, artistas e fornecedores, um grupo de apaixonados pela causa como ele. Isto comprovou a importância do Prêmio da Música como referência imprescindível para a cultura brasileira. A homenageada daquela 20ª edição do Prêmio foi a grande Clara Nunes.

No ano seguinte e até sua 26ª. edição, em 2015, o Prêmio da Música Brasileira foi patrocinado pela Vale, sem no entanto carregar mais no seu título o nome da principal apoiadora.

Nesta história de talento, reverência e referência da cultura nacional, o Prêmio da Música Brasileira prestou ano a ano homenagens a grandes nomes da música do País. Foram eles: Tom Jobim, João Bosco, Noel Rosa, Dona Ivone Lara, Clara Nunes, Dominguinhos, Zé Keti, Jair Rodrigues, Baden Powell, Lulu Santos, Ary Barroso, Gal Costa, Jackson do Pandeiro, Rita Lee, Milton Nascimento, Elis Regina, Gilberto Gil, Ângela Maria & Cauby Peixoto, Luiz Gonzaga, Elizeth Cardoso, Maysa, Dorival Caymmi e Vinícius de Moraes. Em sua 25ª edição, o Prêmio da Música Brasileira homenageou, pela primeira vez, não um artista, mas um ritmo: o Samba.

Na edição de 2015, o Prêmio voltou a destacar a grandiosidade de um artista brasileiro, homenageando Maria Bethânia. A comemoração foi dupla, uma vez que o ano também marca o jubileu de ouro da cantora, com seus 50 anos de carreira.

O Prêmio da Música Brasileira segue fazendo história!

2018
29º Prêmio da Música Brasileira
Homenageado: Luiz Melodia

Luiz Melodia

É com muita satisfação que em 2018 o Prêmio da Música Brasileira homenageou o cantor e compositor Luiz Melodia, falecido em agosto de 2017, aos 66 anos. Nascido no Morro de São Carlos, no Estácio, em 1951, filho do funcionário público e músico amador Oswaldo Melodia e da costureira Eurídice, nossa Pérola Negra foi o artista homenageado desta edição e sua grandeza na história da música brasileira se faz a nossa inspiração.