O samba, do telefone à internet

08 abril 2014,   By ,   0 Comments

No último sábado, completaram-se 124 anos do nascimento de Donga, compositor carioca que entrou para a história como autor da primeira gravação de samba, o homenageado do 25º Prêmio da Música Brasileira. Foi em 1917, com “Pelo telefone”, de sua autoria. 

Donga se chamava Ernesto Joaquim Maria dos Santos e conviveu com gente como Pixinguinha, Tia Ciata e João da Baiana. Integrou o grupo Oito Batutas e a banda Carlito Jazz, além de ter organizado a Orquestra Típica Donga Pixinguinha. Mas morreu sem fazer fortuna, em 1974.

Quase 80 anos depois, em 1996, Gilberto Gil revisitaria a canção de Donga e a traria para os novos tempos. Parodiando “Pelo telefone”, Gil criou “Pela internet”. Se a letra do primeiro samba gravado dizia que “o chefe da polícia, pelo telefone, mandou avisar que na Carioca tem uma roleta para se jogar”, o cibersamba do compositor baiano atualizava: “O chefe da polícia carioca avisa pelo celular que na Praça Onze tem um videopôquer para se jogar”.

“Pelo telefone”: http://youtu.be/X99_DMzHPNg
“Pela internet”: http://youtu.be/WM6_DE0lBFE