Sinfonia da Paz

31 maio 2014,   By ,   0 Comments

No dia em que Nelson Mandela, o líder sul-africano que virou símbolo da resistência contra o regime de segregação racial, foi finalmente solto após 27 anos de prisão, Altay Veloso compôs “Sinfonia da Paz”. A canção, um hino em defesa da igualdade, é um dos momentos mais emocionantes (dentre tantos momentos lindos) da turnê do 25º Prêmio da Música Brasileira.

Interpretada em dueto por Altay e Mariene de Castro, “Sinfonia da Paz” é uma pausa para reflexão em um espetáculo que tem como protagonista o ritmo – base do samba, homenageado desta edição. Sua presença no roteiro é essencial para que se compreenda de onde veio essa manifestação cultural tão bela e profunda, esse ritmo que é pai do prazer, mas filho da dor.

Melhor do que falar ou escrever, no entanto, é assistir e se emocionar.