Muitos prazeres

19 março 2014,   By ,   0 Comments

O sobrenome no plural não é por acaso. Heitor dos Prazeres foi um artista de vários talentos. Brilhou como compositor, cantor, músico e também como pintor. Para a canção popular, deixou ao menos um clássico de todos os carnavais, a marcha “Pierrô Apaixonado”, em parceria com Noel Rosa. E, na pintura, retratou malandros, mulatas, as festas de samba e a vida na favela na primeira metade do século 20.

São essas imagens que norteiam a concepção visual que o cenógrafo Gringo Cardia está preparando – com muito prazer – para o 25º Prêmio da Música Brasileira, que vai homenagear o samba.