Bambas falam sobre a homenagem do PMB ao Samba

28 dezembro 2013,   By ,   0 Comments

Leia as declarações dos bambas cariocas sobre a homenagem do Prêmio da Música Brasileira ao Samba.

533

Isso é de uma relevância sem igual. Porque o Samba sempre foi o coração da música brasileira. Sempre que houver um incentivo como este será bem-vindo pelos sambistas
Zequinha (Compositor da Velha-guarda do Salgueiro)

 

534
O samba ser homenageado já é maravilhoso, mas ser homenageado pelo Prêmio da  Música, é muito melhor”.
Aluísio Machado (Compositor da Velha-Guarda do Império Serrano)

536

 

Uma premiação como o Prêmio da Música Brasileira homenagear o Samba dá voz a todos os sambistas que se foram, aos que estão aqui e àqueles que virão”.
Marquinhos de Oswaldo Cruz (idealizador do Trem do Samba)

 

537

Chegou a nossa hora e eu quero estar lá na frente aplaudindo essa iniciativa”.  Wilson Moreira (Compositor Portelense) 

 

 

538Satisfação e alegria. Realmente é um reconhecimento ao trabalho de todos nós. Estou muito feliz”. Tantinho da Mangueira (compositor, intérprete e um dos líderes da Velha Guarda da Bateria da Mangueira)

 

539
Acho muito justo! É um reconhecimento a tudo que o samba representa para a cultura brasileira”. Carlinhos de Jesus

 

 

541

Eu como sambista fico muito feliz. Antigamente as pessoas marginalizavam o samba, e hoje ele será homenageado. O samba é tudo para mim, é motivo de inspiração, é tudo na minha vida, desde pequeno, sempre estive envolvido com a música.  Foi um Gol de placa que vocês marcaram“. Monarco (Presidente de Honra da Portela)